Paulo André diz que Mano chega para 'acender chama'

O próprio presidente do Corinthians, Mario Gobbi, admitiu que o elenco rendeu menos do que o esperado no segundo semestre do ano passado. Por conta disso, Tite não renovou seu contrato e Mano Menezes voltou ao clube. Para Paulo André, um dos líderes do elenco, o treinador deverá dar novo ânimo à equipe.

AE, Agência Estado

07 de janeiro de 2014 | 16h04

"O ser humano naturalmente relaxa, e o Mano vem para acender essa chama dos atletas vencedores, campeões, mas que precisam olhar Paulista, Brasileiro e Copa do Brasil como coisas que eles devem buscar", comentou o zagueiro, nesta terça-feira, em entrevista coletiva.

Para ele, a maior virtude de Mano é montar time. "Ele deixou um elenco muito bem estruturado [no Corinthians], também montou uma estrutura boa na Seleção Brasileira", comentou Paulo André.

O defensor também destacou que, com a chegada do novo treinador, ninguém tem vaga garantida no time titular. "Nada do que se fez no passado serve de amparo para ficar na equipe. É hora de mostrar competência para ganhar confiança."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.