Paulo Assunção chega ao São Paulo e pensa em título

O volante Paulo Assunção foi oficialmente apresentado nesta segunda-feira como novo reforço do São Paulo. Campeão por Porto e Atlético de Madrid, seus dois últimos clubes, o jogador exaltou seu histórico recente de conquistas e disse que quer ajudar o time paulista a ganhar títulos o mais rápido possível.

FERNANDO FARO, Agência Estado

30 de julho de 2012 | 19h46

"Em todos os clubes que passei, sempre ganhei títulos. Fui campeão sete vezes no Porto e quando cheguei no Atlético fazia 48 anos que eles não ganhavam nada, e eu dizia que estava lá para ser campeão. Minha mulher até me deu uma bronca falando que eu estava louco dizendo que eles não eram campeões nunca", comentou.

Aos 32 anos, o volante quer usar toda sua experiência para ajudar o São Paulo. "Vim para ajudar com a minha experiência e pelo fato de ter jogado muito tempo fora. Sou um jogador de mais marcação, posso liberar o Denilson para ele sair um pouco mais para o ataque. Jogo na frente do zagueiro para dar liberdade para o meio-campo".

Um dos motivos que fizeram o jogador deixar o Atlético de Madrid foi a mudança de treinador. O argentino Diego Simeone assumiu a equipe no fim do ano passado e colocou Paulo Assunção no banco de reservas. Assim, o volante decidiu voltar ao Brasil, mesmo recebendo propostas de outros clubes da Europa.

"Eu tinha proposta para jogar na Itália, Rússia e outros lugares mas quando surgiu o nome do São Paulo", revelou. "O Atlético trocou o treinador, por isso não joguei muito, mas sempre fui um cara de grupo. Tem muitos bons jogadores bons para sair para o ataque, mas faltava alguém que protegesse a defesa e é para isso que estou aqui."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSão Paulo FCPaulo Assunção

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.