David Mercado/Reuters
David Mercado/Reuters

Paulo Autuori banca Rogério Ceni como cobrador de pênaltis da equipe

Técnico do São Paulo garante que o percentual de aproveitamento do jogador é altíssimo

FERNANDO FARO, Agência Estado

15 de agosto de 2013 | 09h04

SÃO PAULO - Rogério Ceni deve cobrar o próximo pênalti no São Paulo se estiver em campo. Mesmo tendo perdido as últimas duas cobranças - Neuer, do Bayern de Munique, e Lauro, da Portuguesa, defenderam -, o goleiro e capitão são-paulino teve o posto assegurado pelo técnico Paulo Autuori, que disse ter um levantamento do aproveitamento do jogador e o qualificou como "fantástico".

"Quando converso com alguém eu tento sempre ter argumento. O Rogério está errando pênaltis? Fiz um levantamento e o porcentual dele é altíssimo, superior ao de alguns atletas de linha. Contra fatos não há argumentos", disse o treinador, que havia levantado a possibilidade de mudar o cobrador.

Rogério Ceni também recebeu apoio do treinador ao ser questionado sobre sua forma técnica, motivo de debates nos últimos meses após algumas falhas. Autuori foi só elogios ao capitão e fez questão de frisar que sua importância para o andamento da equipe nesse momento de turbulência é vital e que seu prestígio é internacional.

"Os jogadores que estão se destacando no Brasileiro são mais velhos, como o Alex, o Juninho, o Zé Roberto. Quem esteve na viagem pôde testemunhar o respeito que o mundo do futebol tem por ele. Estou falando de jogadores do Bayern de Munique, do Benfica, do Milan. Ele é identificado com o clube e isso você não vê em outros lugares, essa simplicidade devastadora com qual se analisa o futebol tem que ser feita de uma maneira de uma mais coerente", rebateu Autuori.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.