Paulo Autuori deixa a seleção peruana

O pedido de demissão de Paulo Autuori do cargo de técnico da seleção peruana agitou a diretoria do São Paulo na noite de hoje. Assim que soube da confirmação de que o treinador estava disponível, o presidente Marcelo Portugal Gouvêa convocou uma reunião no Morumbi para discutir se Autuori é o melhor nome para substituir Leão. Imediatamente, um homem de confiança de Gouvêa tentou um contato com a família de Autuori, mas não conseguiu descobrir o número do telefone celular do técnico, no Rio, que mudou há mais de dois anos. A saída de Autuori foi motivada pela crise interna e as acusações de irregularidades na federação peruana. O técnico também convivia com a pressão da torcida e a rejeição de parte da imprensa. Uma consulta do São Paulo só deve ser feita quando Autuori retornar do Peru. O salário não deve ser problema, pois Autuori recebia pouco menos de R$ 100 mil e o São Paulo desembolsava cerca de R$ 150 mil com Leão. Autuori ganhou força após Gouvêa desistiu de tirar Muricy Ramalho do Inter. A multa de R$ 1 milhão inviabilizou a negociação. "Muricy era uma boa escolha. Mas ele me disse que não pretendia sair de lá." O interino Milton Cruz era outra opção da diretoria, mas, apesar dos elogios após os jogos contra a Universidad de Chile e Fluminense, alguns conselheiros o acham muito "amigo" dos jogadores. Sem tantas opções, restou Autuori. Um técnico que já arranca elogios. "Ele tem um perfil vencedor. Tem experiência internacional e já foi campeão da Libertadores (com o Cruzeiro, em 97)", exaltou o superintendente de Futebol, Marco Aurélio Cunha. Coincidência ou não, Gouvêa deu uma entrevista, hoje à tarde, explicando o perfil do técnico ideal. As características combinam com Autuori. "Desejo um técnico enérgico e disciplinador, porque jogadores de primeira linha necessitam de alguém com pulso firme", afirmou. "Em segundo lugar, precisa ter caráter. E em terceiro, precisa conhecer muito de futebol brasileiro."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.