Paulo Autuori diz não ao Santos

O brasileiro Paulo Autuori, técnico da seleção do Peru, confirmou nesta segunda-feira ter sido procurado pela diretoria do Santos para substituir Oswaldo de Oliveira, dispensado no início da manhã, um dia dia depois do empate em casa diante do América de Rio Preto (3 a 3) pelo Campeonato Paulista. Autuori garantiu ter ficado ?feliz? com a lembrança, mas argumentou estar concentrado exclusivamente na seleção e nas eliminatórias para a Copa do Mundo de 2006. Nos próximos dois jogos, o Peru enfrenta Brasil e Equador. ?Lamento quando um companheiro não consegue completar seu trabalho, ainda mais quando se trata de um profissional de alto nível como o Oswaldo. Realmente houve um convite por parte da diretoria do Santos, mas infelizmente, estou totalmente envolvido com os jogos da Seleção?, disse o treinador.?Além disso, meu relacionamento com o presidente da Federação Peruana é muito bom e nos momentos mais difíceis ele foi o primeiro a apoiar o trabalho. Mas fico orgulhoso por ter meu nome lembrado pelas pessoas do Santos, um clube de tantas tradições?, disse Autuori, que dirigiu o clube paulista em 1999. Autuori comandará na tarde desta segunda-feira o primeiro treino da seleção peruana para a partida contra o Brasil. O treinador lamentou não ter a equipe completa à disposição. ?Só teremos a equipe completa na quarta-feira e faremos treinos em tempo integral até sexta-feira, quando trabalharemos pela manhã e viajaremos para o Brasil à tarde?, explicou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.