Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Paulo Autuori promete reação rápida

Técnico do São Paulo assume a responsabilidade em futura mudança de postura da equipe

15 de julho de 2013 | 07h30

A atuação do São Paulo em sua estreia como treinador da equipe não foi o que Paulo Autuori esperava, mas ainda assim ele exibe otimismo. Tanto que está convencido de que o time vai reagir. E rapidamente.

“A equipe responderá em um curto espaço de tempo. É minha responsabilidade. Você vê em determinados momentos que tem qualidade, mas precisa ser muito mais competitiva. A equipe tem de ter mais equilíbrio, ofensivo e defensivo. Vou trabalhar mais isso.”

Em outras palavras: Autuori gostou do que viu no ataque são-paulino, mas não na defesa. “Jogar aqui e fazer dois gols significa que é uma equipe suficiente para ganhar o jogo. Eu espero que possamos fazer muito mais do que fizemos hoje (ontem).”

Rogério Ceni, entretanto, é menos otimista. Ele não acredita que o São Paulo vai mostrar um futebol de alto nível em um prazo curto. “O momento é delicado, é difícil. O torcedor tem de entender que é um processo que não vai ser tão simples de ser resolvido”, argumentou o capitão, que falou sobre o jogo pela Recopa Sul-Americana contra o Corinthians, na quarta-feira, no Pacaembu: “O São Paulo já venceu muitas vezes o Corinthians no Pacaembu e isso é um combustível natural. Agora, para um campeonato de 38 rodadas, temos de fazer correções. Descemos a ladeira.”

A irritação de Rogério com a expulsão de Wellington era evidente, especialmente porque ela ocorreu no jogo seguinte ao contra o Bahia, em que Luis Fabiano e Clemente Rodríguez foram expulsos. “Para ganhar, primeiro nós precisamos acabar um jogo com 11. A gente sofre muito com isso.”

O zagueiro Rhodolfo, que jogaria ontem, pediu para ficar no banco porque está acertando sua transferência para o Grêmio e não queria correr o risco de sofrer uma lesão.

Tudo o que sabemos sobre:
BrasileirãoSão PauloFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.