Paulo Autuori tem proposta milionária

A passagem aérea que o técnico Paulo Autuori utilizou para viajar com o São Paulo para o Mundial de Clubes, no Japão, pode ser só de ida. Uma oferta milionária do futebol japonês ? o nome do clube não foi revelado ? pode levar o treinador logo após o torneio. ?Houve apenas uma sondagem, mas não é o momento de falar sobre isso. Estamos todos concentrados na disputa do Mundial?, desconversa Juvenal Juvêncio, vice-presidente de futebol do São Paulo. Além de passar por Cruzeiro, Santos e Inter, Autuori tem longa experiência internacional. Iniciou sua carreira no Nacional, de Portugal, e teve importante passagem pelo futebol peruano, chegando à seleção do país na última edição das Eliminatórias Sul-Americana. O São Paulo vive situação inusitada às vésperas da disputa do Mundial. Além dessa oferta do futebol japonês, em vez de ir atrás de reforços são os atletas que estão se oferecendo para voltar ao clube. O atacante Luís Fabiano, do Sevilla (Espanha), e o zagueiro Rodrigo, do Dínamo de Kiev (Ucrânia), teriam procurado a diretoria com interesse de serem repatriados. ?O Luís Fabiano disse que está infeliz no Sevilla. Mas, para ele voltar teríamos de pagar uma quantia muito alta, superior a US$ 3 milhões. E não temos condições. Com o Rodrigo o problema é o mesmo?, reconheceu o vice-presidente do São Paulo. Outro brasileiro que poderia voltar é o meia Diego, atualmente no Porto, de Portugal. Ele deve ser negociado com uma equipe alemã no início do ano, mas só poderia atuar a partir de agosto. Neste caso, viria para o São Paulo, por empréstimo, para a disputa do Paulista e da Copa Libertadores. Nesta terça-feira, os jogadores do São Paulo fizeram uma escala na cidade alemã de Frankfurt. Puderam esticar as pernas e se preparar para o restante da viagem rumo ao Japão. Todos utilizaram os aparelhos de estímulos elétricos à musculatura recomendado pelo médico Turíbio Leite. ?Os choques acabam relaxando os músculos e aliviam o cansaço?, disse o zagueiro Lugano, que recebeu, no avião, a notícia de que havia sido escolhido como melhor zagueiro do Campeonato Brasileiro pela CBF. Quando chegar ao Japão, os são-paulinos não terão apenas adversários desconhecidos pela frente. Na página da Fifa na Internet, alguns dos destaques do Al Ittihad (Arábia Saudita) ? que pode ser o adversário do São Paulo na semifinal, desde que vença o Al Alhy (Egito) na partida de abertura do Mundial de Clubes ? são o meia Pedrinho, que disputou grande parte do Campeonato Brasileiro pelo Palmeiras, e o volante Tcheco, ex-Santos.

Agencia Estado,

06 de dezembro de 2005 | 19h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.