Paulo Autuori vai reforçar a defesa

Os desfalques de Lugano e Josué preocupam o técnico Paulo Autuori para o primeiro duelo diante do Tigres, do México, quarta-feira, no Morumbi, pelas quartas-de-final da Taça Libertadores. Sem o principal zagueiro do time - convocado para defender a seleção uruguaia pelas Eliminatórias da Copa do Mundo - e uma das peças-chave do meio-campo da equipe - suspenso pela expulsão contra o Palmeiras -, Autuori pode modificar o esquema tático do São Paulo, para correr menos riscos: da formação com dois zagueiros, que vem utilizando há alguns jogos, pode escalar a equipe com três defensores. "É fundamental não tomarmos gols", adianta o zagueiro Fabão. A preocupação defensiva tem fundamento, já que ao lado do próprio São Paulo, os mexicanos são os únicos invictos na competição continental e marcaram 16 gols em oito jogos. "Acompanhei os dois jogos do Tigres contra o Once Caldas. Jogaram bem em casa e na Colômbia", opina Grafite. "Eles têm um time de muita qualidade, mas nõs também podemos buscar o resultado." O atacante entende que não sofrer gols em casa pode ser decisivo, mas o fundamental para a classificação é vencer. "Se fizermos o resultado positivo em casa, não importa o placar, teremos uma vantagem para explorar no segundo jogo." Fabão também assistiu aos jogos do Tigres diante do Once Caldas e identificou os pontos fortes dos mexicanos: o meia Irênio, que passou por vários clubes brasileiros, e o argentino Gaitán. "Eles são muito rápidos", avalia. EXPERIÊNCIA - Sem Lugano, Fabão, de 29 anos, será o xerife da defesa no duelo contra o Tigres. E não se importa de atuar ao lado de jogadores menos experientes, casos de Edcarlos e Alex, de 20 e 23 anos, respectivamente. "Hoje, a garotada tem tanta experiência quanto um jogador de 30 anos", compara. "O importante é a conversa. Dessa forma, conseguimos nos organizar e resolver qualquer problema de entrosamento." Se Autuori optar pelo esquema com três zagueiros, Renan atuaria mais adiantado e formaria o meio-campo com Mineiro e Danilo. Antes do treino de hoje à tarde, Grafite será reavaliado pelos médicos do clube, em razão da lesão no joelho direito, mas não deve ser problema para enfrentar o Tigres.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.