Hélder Santos/Divulgação
Hélder Santos/Divulgação

Paulo César Gusmão antecipa a sua saída do comando da Portuguesa

Treinador alegou questões familiares para antecipar sua volta ao Rio de Janeiro

Estadão Conteúdo

20 Novembro 2017 | 18h06

Depois da eliminação na semifinal da Copa Paulista e a confirmação de que a Portuguesa não disputará nenhum torneio de cunho nacional na temporada 2018, o técnico PC Gusmão confirmou nesta segunda-feira que não seguirá no comando do time no ano que vem. O treinador alegou questões familiares para antecipar sua volta ao Rio de Janeiro.

+ Portuguesa vence, mas Ferroviária vai à final da Copa Paulista

Num pequeno comunicado oficial nas redes sociais, PC Gusmão agradeceu ao clube e ratificou que vai ficar ao lado da mãe, que está doente. Nesta temporada, outra vez, a Portuguesa decepcionou ao não conseguir o acesso na Série D do Brasileiro. No primeiro semestre, não tinha conquistado o acesso no Paulista da Série A2.

PC Gusmão assumiu a equipe já depois da eliminação no Estadual, durante a disputa da Copa Paulista, em agosto. Sob o seu comando, a Portuguesa realizou 16 partidas, conseguindo oito vitórias, cinco empates e três derrotas. A equipe foi eliminada pela Ferroviária na semifinal da Copa Paulista.

A direção do clube ainda não definiu seu planejamento pra 2018, mas sabe que só vai ter quatro meses de trabalho. A ideia é ver a disponibilidade financeira para montar um time competitivo e buscar o acesso à elite paulista.

Mais conteúdo sobre:
Portuguesa Paulo César Gusmão

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.