Paulo César reforça Flu no Morumbi

O Fluminense tenta manter a boa fase e assumir a liderança do Torneio Rio-São Paulo, contra o São Paulo, neste domingo, às 16h, no Morumbi.Sem problemas para escalar a equipe, o técnico Oswaldo de Oliveira festejou a oportunidade de repetir uma escalação titular e a volta do lateral-esquerdo Paulo César, que estava na seleção brasileira.Apesar da boa fase, o meia Roger disse que o Fluminense precisa da vitória para se recuperar o prestígio na competição. O jogador ainda frisou que os companheiros de equipe não podem continuar desperdiçando as oportunidades de gols criadas, como aconteceu no empate, por 1 a 1, com o Botafogo, na quarta-feira.Revelado no São Paulo, o atacante Caio revelou aos companheiros cariocas, que a principal arma do Tricolor paulista é o entrosamento. "Eles têm um time muito forte, que joga junto desde o ano passado", disse o jogador."O entrosamento adquirido fez com que eles desenvolvessem um toque de bola excelente." Caio afirmou que, para vencer a partida, o Fluminense não pode jogar na defesa. "Se deixarmos eles crescerem e abrirem vantagem no marcador, dificilmente o São Paulo vai permitir uma virada como a que aconteceu na partida contra o Vasco", considerou o atleta.O zagueiro César disse estar preocupado com o atacante França. "Já o marquei várias vezes e sei o quanto é difícil. Ele é inteligente, tem ótima arrancada, velocidade e uma precisão espetacular", afirmou César.O jogador considerou ainda que é mais fácil marcar o artilheiro Romário do que o atacante paulista. "O França se movimenta muito, enquanto o Romário joga numa determinada faixa do campo. Por isso, ele causa mais desgaste físico aos zagueiros."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.