Paulo César também deixa o Santos

Se a saída de Vanderlei Luxemburgo foi um pesadelo para o Santos, nesta quinta-feira os dirigentes tiveram que encarar novo problema: o lateral-direito Paulo César não renovou seu contrato e vai se reapresentar ao Paris Saint-Germain no domingo. A negociação estava até adiantada, mas o clube parisiense exigiu que ele abrisse mão dos direitos de imagem para continuar bancando metade dos seus salários durante o novo empréstimo para o time da Vila Belmiro. Paulo César não aceitou essa proposta e ainda exigia um aumento por parte do Santos, em torno de 30%. O clube negociava o novo salário quando houve o impasse entre o atleta e o PSG e ele está voltando para a França. Porém, dificilmente Paulo César vai atuar no time com o qual tem contrato. Portanto, ele estuda duas propostas para jogar no futebol holandês e espanhol. A permanência de Paulo César era uma das exigências de Vanderlei Luxemburgo quando renovou seu contrato com o Santos na semana passada. Como o técnico foi para o Real Madrid, o futuro dos jogadores contratados por ordem do antigo treinador começa a ser discutido.Atletas como o meia Ricardinho e o atacante Deivid não terão problemas para continuar na Vila Belmiro, pois estão sob contrato e caíram na graça dos dirigentes e dos torcedores. A não ser que Luxemburgo queira levá-los para o Real Madrid, a situação do Santos é confortável.Durante as negociações, a diretoria propôs a liberação do zagueiro Antônio Carlos e do volante Zé Elias. Luxemburgo exigiu que continuassem. A diretoria atendeu e os dois devem continuar, mesmo sem o treinador. Já o futuro de jogadores como Bóvio e Flávio ficou complicado e dificilmente assinarão novo contrato. O goleiro Tápia já foi dispensado e está de volta ao Chile.Ávalos, outra indicação de Luxemburgo, começou mal no Santos e não inspirou confiança no torcedor. Mas foi conquistando seu espaço e acabou ficando com a vaga de André Luís na reta final do campeonato. Essa decisão do treinador irritou o ex-titular e acelerou as negociações para sua transferência para o Benfica ou para o Atlético de Madrid, transação que será definida no início do ano.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.