Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Marco Bertorello/AFP
Marco Bertorello/AFP

Paulo Dybala testa positivo para covid-19 pela quarta vez em seis semanas

Segundo a CNN norte-americana, fonte teria informado que o jogador aguarda o resultado de dois novos testes

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de abril de 2020 | 13h50

O atacante da Juventus Paulo Dybala testou positivo para o novo coronavírus (covid-19) pela quarta vez em seis semanas, de acordo com informações da CNN norte-americana. Uma fonte ligada ao jogador argentino disse ao canal de televisão que o atleta aguarda por dois novos testes de saliva, considerado o mais seguro, para confirmar a suspeita. 

“Ele está bem, não apresenta sintomas e treina normalmente. Agora ele está aguardando os resultados dos últimos dois testes para a covid-19”, relatou a fonte. Não ficou claro o período em que o jogador fez as coletas. “Dybala tem de respeitar o sistema de saúde e o tempo que leva para a realização dos testes. Ele é jogador de futebol e não recebe tratamento preferencial ", acrescentou. O atacante da Juventus foi uma das três estrelas do elenco de Maurizio Sarri que contraíram o vírus ainda em março. O zagueiro Rugani e o meio-campo Matuidi já estão curados.

Dybala havia anunciado no dia 21 de março, em sua conta oficial do Instagram, que, assim como sua namorada Oriana Sabatini, havia contraído o vírus. Seis dias depois, através do canal do Youtube da Juventus, o atacante deu a entender que estava melhor, mas não indicou se teria ou não se curado.

“Agora eu posso me mover melhor, andando e tentando treinar. Eu mal conseguia respirar, não conseguia fazer nada depois de cinco minutos. Meus músculos doíam. Felizmente, Oriana e eu estamos melhores agora”, revelou o jogador na época. A Juventus ainda não se pronunciou sobre o fato de o jogador ter novamente testado positivo para a doença. No caso de Rugani e Matuidi, foi o clube que anunciou a recuperação total dos atletas.

Dybala está assintomático, mas pelos novos exames ele ainda tem uma pequena carga viral em seu organismo. Não se trata, portanto, de nova infecção. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.