Ayrton Vignola/AE - 1/4/2011
Ayrton Vignola/AE - 1/4/2011

Paulo Henrique Ganso desmente jornal italiano e nega acerto com Milan

'Ainda não tem nada certo com o Milan. Sou jogador do Santos e estou focado no São Paulo', diz

AE, Agência Estado

28 de abril de 2011 | 13h31

SANTOS - O meia Paulo Henrique Ganso desmentiu nesta quinta-feira que já tenha acertado a sua transferência para o Milan. De acordo com a imprensa italiana, representantes do jogador teriam se reunido com dirigentes do clube na última quarta, sendo que o jornal Corriere dello Sport chegou a publicar que o acordo está fechado para que o jovem astro brasileiro se apresente na Itália em janeiro.

"Ainda não tem nada certo com o Milan. Sou jogador do Santos. Estou focado no São Paulo (adversário deste sábado, pelas semifinais do Paulistão)", disse Ganso, em entrevista na tarde desta quinta-feira à TV Globo. "As notícias (sobre o acerto) são falsas. Sou do Santos", completou o jogador, que tem contrato com o clube brasileiro até 2015 - a multa rescisória é de 50 milhões de euros.

Apesar de negar o acordo, o meia não desmentiu uma possível negociação e deixou clara a intenção de deixar o futebol brasileiro e ir para a Europa em breve - além do Milan, a Inter de Milão estaria interessada na sua contratação. "Não sei até quando vou ficar aqui no Santos. Eu tenho o sonho de um dia jogar na Europa e quero muito que isso aconteça. Mas ainda não tem uma data certa para isso", afirmou o jogador de 21 anos.

Enquanto não define seu futuro, Ganso garante estar totalmente concentrado no Santos. Na noite de quarta-feira, ele marcou o gol da vitória sobre o América do México, por 1 a 0, na Vila Belmiro, na partida de ida pelas oitavas de final da Libertadores.

A vantagem para o segundo jogo, na próxima terça-feira, no México, animou o jogador. "O time saiu de cabeça erguida pelo resultado em casa, apesar de ser por um gol de diferença só. Jogamos bem e estamos tranquilos para a próxima partida", analisou Ganso.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.