Paulo Henrique tem julgamento adiado no TJD e joga final

Ganso responde pela cotovelada que deu em Dagoberto, do São Paulo, no primeiro jogo das semis do Paulistão

AE, Agência Estado

26 de abril de 2010 | 19h17

O Santos não terá problemas para utilizar um de seus principais jogadores no segundo jogo da final do Campeonato Paulista. Nesta segunda-feira, Paulo Henrique Ganso seria julgado no Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) de São Paulo e podia ser suspenso para a partida do próximo domingo. No entanto, o julgamento do meia foi adiado a pedido do Santos.

Veja também:

linkNeymar recebe alta, e deve fazer nova avaliação na quarta

linkLuxemburgo de novo na vida dos santistas

linkSantistas tentam evitar clima de 'já ganhou'

Blog Bate-Pronto: forumSantos já pode vestir a faixa de campeão?

Ganso responde no TJD pela cotovelada que deu no são-paulino Dagoberto, ainda no primeiro jogo das semifinais do Paulistão. Como foi denunciado por agressão física, o meia santista pode pegar de quatro a 12 jogos de suspensão. Esta já foi a segunda vez que o julgamento foi adiado, e agora uma nova sessão ainda não tem data para acontecer.

Assim como o Santos, o rival na decisão do Estadual também corria o risco de perder um jogador para a partida no Pacaembu. O Santo André foi outro a conseguir o adiamento do julgamento do lateral-esquerdo Carlinhos, expulso na semifinal contra o Prudente. O jogador podia ser suspenso por até seis jogos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.