Paulo Isidoro é o destaque da Lusa

Aos 45 minutos do segundo tempo, nem parecia que a Portuguesa jogava sob um calor sufocante, de mais de 30 graus. Pelo menos para Paulo Isidoro, o melhor jogador da equipe no empate por 0 a 0 diante do Sport, domingo, na Ilha do Retiro. O meia, de 30 anos, correu como um garoto de 20, marcou, criou jogadas para os atacantes e chegou na área para concluir. ?Para suportar o desgaste do calor, só mostrando muita garra edeterminação.? Para Paulo Isidoro, mesmo jogando no Recife, a Portuguesa atuou melhor que o Sport, e só não voltou para São Paulo com os três pontos porque perdeu muitas oportunidades de gols. ?Nosso time mostrou que está forte para o Campeonato, mas ainda precisamos trabalhar mais as finalizações.? Quando começou a montar o elenco para a disputa do Campeonato Paulista e da Série B do Brasileiro, em dezembro, a diretoria da Portuguesa e da Ability Sports procurou um meia experiente e optou por PauloIsidoro, revelado em 1993 pelo Vitória, da Bahia, e que passou por vários clubes como Palmeiras, Cruzeiro e Brasiliense. Diante do Sport, fez sua melhor apresentação com a camisa da Lusa e acredita que, assim como o time, pode subir ainda mais deprodução. ?Poderíamos estar numa situação melhor na classificação, se não tivéssemos perdido tantos gols. Mas o importante éque estamos criando.? Após o empate diante do Sport, o elenco da Portuguesa ganhou a segunda-feira de folga. A volta aos treinos será nesta terça-feira pela manhã. O técnico Paulo Comelli não tem problemas de suspensão ou de contusão no grupopara o jogo contra o América-RN, sexta-feira, no Canindé. O ex-jogador Djalma Santos, convidado pela diretoria da Portuguesa, visitará o Canindé nesta terça-feira pela manhã, quandoconversará com o elenco e receberá uma homenagem dos dirigentes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.