Lucas Uebel / Grêmio FBPA
Lucas Uebel / Grêmio FBPA

Paulo Miranda credita vitórias do Grêmio no início do ano a 'bom trabalho'

Tricolor é líder isolado da fase de classificação do Campeonato Gaúcho, com dez pontos

Redação, Estadão Conteúdo

02 Fevereiro 2019 | 16h14

Após três vitórias e um empate acumulados nas primeiras quatro rodadas do Campeonato Gaúcho, o Grêmio vai enfrentar o Caxias neste domingo, no estádio Centenário, em Caxias do Sul (RS). De acordo com o zagueiro Paulo Miranda, as vitórias nesse começo de temporada não são obras do acaso.

"A gente vem fazendo um bom trabalho. Não desmerecemos os nossos adversários, sabemos das dificuldades que eles têm nos apresentado. Todos os jogos que fizemos foram difíceis. Cabe a nós nos concentrarmos bastante, estudarmos o adversário e fazer o nosso papel bem feito", disse Paulo Miranda.

O Grêmio lidera a fase de classificação do Campeonato Gaúcho com 10 pontos, três a mais do que o Caxias, segundo colocado na tabela de classificação. Até agora, o time treinado por Renato Gaúcho venceu o Novo Hamburgo por 4 a 0, empatou por 1 a 1 contra o Aimoré, bateu o Juventude por 3 a 0 e goleou o São Luiz por 4 a 0.

Se o técnico mantiver a estratégia de rodar o elenco, a tendência é que um time quase inteiro reserva entre em campo neste domingo. A exceção pode ser o zagueiro argentino Walter Kannemann, que pode fazer a estreia dele na temporada depois de se recuperar de dores musculares.

O time escalado deve ter Júlio César; Leonardo Gomes, Paulo Miranda, Kannemann e Juninho Capixaba; Rômulo, Matheus Henrique, Vico, Jean Pyerre e Pepê; Felipe Vizeu. Na manhã deste sábado, o elenco do Grêmio fez trabalho fechado no CT Luiz Carvalho, em Porto Alegre.

"Cada jogador deve estar preparado para quando o professor precisar. Procurei agarrar a oportunidade da melhor forma possível. Está sendo importante jogar. Estou muito feliz, as coisas estão dando certo", disse Paulo Miranda, que aproveitou a vaga aberta por Kannemann nesse início de ano para atuar em todas as partidas.

Mais conteúdo sobre:
futebolGrêmioPaulo Miranda

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.