Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Paulo Nobre discute com corintiano e assiste ao clássico no vestiário

Torcedor rival nos camarotes provocou cartola após gol contra

GONÇALO JUNIOR, Estadão Conteúdo

06 de setembro de 2015 | 19h37

O presidente do Palmeiras, Paulo Nobre, ficou irritado com um torcedor do Corinthians que fez provocações e comemorou o segundo gol do time visitante, no estádio Allianz Parque, ainda no primeiro tempo do clássico deste domingo. O princípio de confusão aconteceu em um dos camarotes assim que Amaral marcou o gol contra e definiu o empate por 2 a 2 - o clássico acabou em igualdade por 3 a 3.

Após o segundo gol do Corinthians, o torcedor fez provocações, o que gerou respostas dos palmeirenses. Incomodado com a manifestação, o presidente chegou a discutir com o corintiano e decidiu deixar o local. O dirigente foi assistir ao restante da partida do vestiário do Allianz Parque. Após a saída de Paulo Nobre, a segurança foi reforçada nos camarotes.

O clima entre os torcedores foi tenso em alguns momentos. Também surgiram discussões nas arquibancadas e um torcedor corintiano teve de deixar uma área de palmeirenses (setor Gol Norte) depois de estar torcendo para o clube visitante. Antes da partida, alguns palmeirenses foram vistos com a camisa do Deportes Tolima, time colombiano que eliminou o Corinthians na Copa Libertadores em 2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.