Paulo Nunes diz ter sido ameaçado

O atacante Paulo Nunes quebrou hoje, a rotina de treinos do time do Corinthians na cidade mineira de Extrema. O jogador disse que recebeu ameaças de morte. "Recebi alguns telefonemas anônimos em meu celular. Não sei de quem partiu, mas serviram para preocupar minha família." Hoje, os jogadores treinaram pela primeira vez no Estádio Municipal de Extrema, que ficou lotado com a presença de mais de mil torcedores.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.