Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Paulo Roberto ganha moral no Corinthians e não vê mais desconfiança da torcida

Volante diz que críticas o ajudaram a amadurecer no clube

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

19 de dezembro de 2017 | 07h00

Paulo Roberto chegou ao Corinthians cheio de desconfiança. Afinal de contas, era reserva do Sport e foi contratado após o time paulista não ter êxito na tentativa de acertar com Rithely, que era o titular. Aos poucos, foi ganhando espaço e mesmo tendo jogado pouco, não chegou a decepcionar, pelo contrário. Em um dos jogos mais complicados do clube na temporada, diante do Grêmio, foi titular e um dos destaques da partida. Por isso, ele acredita que deixou uma boa impressão para a torcida.

+ Garcia lança candidatura e promete 'afastar' irmão empresário do Corinthians

+ Corinthians espera acertar a renovação de Balbuena nessa semana

“Bom, acho que não tem mais (desconfiança). Se tiver, é complicado... Fico feliz por ter correspondido ao que esperavam, mas eu joguei para provar nada para ninguém, só para mim mesmo”, disse o volante, em entrevista ao Estado.

A postura dentro e fora de campo fizeram com que a diretoria decidisse se antecipar e, em agosto, já acertou a sua contratação. Ele havia chegado por empréstimo do Osasco Audax com contrato até dezembro e com o novo acordo, o Corinthians firmou um vínculo válido até 31 de dezembro de 2019 e comprou 50% de seus direitos econômicos. A outra metade continua com a equipa de Grande São Paulo.

O jogo que transformou a visão de boa parte da torcida sobre Paulo Roberto foi o confronto com o Grêmio, dia 25 de junho, quando ele foi titular no lugar de Gabriel, suspenso. O temor virou euforia, com uma bela atuação e passe para o gol de Jadson. “Fiquei muito feliz por ter ajudado, já que era um jogo bem complicado e a gente sabia da importância de conseguir um bom resultado”, lembrou.

Sempre passando tranquilidade, Paulo Roberto disse que as críticas, apesar de pesadas, o ajudaram a crescer. “Tenho que agradecer a tudo que falaram sobre meu futebol, pois me impulsionaram a jogar bem com essa camisa”, explicou.

A confiança demonstrada por Paulo Roberto em campo fez com que o Corinthians até abrisse mão do retorno do volante Jean. Embora tenha feito um bom Campeonato Brasileiro pelo Vasco, o jogador deverá ser reemprestado.

 

Tudo o que sabemos sobre:
Corinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.