Paulo Serdan é suspenso do quadro de sócios do Palmeiras

Presidente do honra da Mancha Alviverde adrediu técnico da categoria sub-14 e 15 do clube

03 de outubro de 2007 | 18h36

O presidente de honra da torcida organizada Mancha Alviverde Paulo Serdan foi suspenso preventivamente por 90 dias do quadro de sócios do Palmeiras. Devido o incidente onde Serdan agrediu o técnico da equipe sub-14 e 15, Márcio Vicente, quando o treinador substituiu seu filho durante uma partida em Santos. Gilto Antonio Avallone, Presidente da Comissão de Sindicância do clube abriu uma investigação para apurar o ocorrido, e até que não se tenha uma conclusão, Serdan não pode mais entrar nas dependências do Palmeiras.

Tudo o que sabemos sobre:
Paulo SerdanPalmeirassuspensão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.