Reprodução/ Fla TV
Reprodução/ Fla TV

Paulo Sousa é apresentado no Flamengo e fala em oportunidade única na carreira

Treinador português alimentava intenção de deixar a seleção polonesa e chegou a negociar com o Internacional antes de se acertar com o rubro-negro

Redação, Estadão Conteúdo

10 de janeiro de 2022 | 14h44

Paulo Sousa definiu seu acerto com o Flamengo como uma oportunidade que nem sempre aparece na vida de um treinador. O técnico português, que deixou o comando da seleção polonesa, foi oficialmente apresentado pelo time carioca no início da tarde desta segunda-feira e revelou empolgação com a possibilidade de buscar títulos e entrar na história do clube. O treinador também minimizou a pressão de treinar um grande clube e disse que isso faz parte da vida do treinador.

"Primeiro agradecer ao presidente, a Braz e a Spindel. Eles se propuseram a me conhecer, saber o que eu conhecia do elenco, da equipe. Mas queria sobretudo agradecer a essa oportunidade. É uma oportunidade que nem sempre aparece na vida de um treinador. Acho que o presidente falou bem o que realmente verificamos na conversa que tivemos. O entusiasmo, a possibilidade de conquistar títulos e eu quero estar presente na história do Flamengo. Essa é uma oportunidade que eu não poderia deixar passar", afirmou Paulo.

O treinador português de 51 anos é mais uma aposta do clube rubro-negro com um nome estrangeiro após a passagem de sucesso do compatriota Jorge Jesus, que recentemente também esteve em negociações com o Flamengo. Paulo Sousa não poupou elogios a Jorge Jesus e também exaltou a escola portuguesa de treinadores, que tem sido cada vez mais visada pelos times brasileiros.

“A nossa escola é muito exigente e, com os poucos recursos que temos como país, precisamos ser muito criativos para evoluir. Nossa escola é forte, com uma boa capacidade de gestão de recursos humanos. Precisamos valorizar, reconhecer e desenvolver nossos treinadores. Desenvolver como introduzir e comunicar no campo nossas ideias. Jorge Jesus fez um trabalho extraordinário, vem construindo uma carreira extraordinária que enriquece a qualidade dos treinadores português”, comentou Paulo em coletiva.

Paulo Sousa já havia tido contato com Gabriel Barbosa e com jovens do clube que disputarão a primeira parte do estadual. Nesta segunda-feira, o novo técnico teve o primeiro contato com demais nomes do elenco principal, que se apresentaram no Ninho do Urubu. O português garantiu que o Flamengo tem um dos melhores elencos da América do Sul, mas não deixou de falar sobre reforços.

"As primeiras impressões é que é um elenco de muita qualidade e precisa cada vez mais de compromisso. O nosso elenco é um dos melhores da América do Sul, pode melhorar muito com os jogadores que já temos aqui. Foram identificados, ao meu entender, algumas posições que, com um campeonato longo e seleção, estamos a procurar no mercado para melhorar o nosso elenco, que neste momento tem qualidade suficiente para competir e ganhar”, continuou Paulo.

Thiago Maia confirmou que será comprado pelo Flamengo e uma conversa com o novo treinador teve papel importante na decisão. Ainda sem contratações confirmadas para o ano, Paulo Sousa falou especificamente sobre a situação do volante e, em relação aos atletas, também afirmou que seu estafe costuma ter poucas lesões pelas equipes por onde passa. Em 2021, as lesões foram um importante obstáculo para o time carioca.

“O clube fez um trabalho extraordinário na identificação de jogadores e o Thiago é um jogador que tínhamos como opção de compra, que já conhece o clube. O Flamengo mostrou que estava presente e o apoiou durante sua lesão. Há três momentos de desenvolvimento de um jogador: qualidade no treino, competição interna e competição com o adversário. Vai haver mais integração de qualidade e assim podemos servir aos atletas e reduzir as lesões”, finalizou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.