Lucas Uebel/Grêrmio
Lucas Uebel/Grêrmio

Paulo Victor considera ganhar o título gaúcho como o maior feito de sua carreira

Goleiro será titular contra o Internacional nesta quarta-feira, na decisão do Estadual

Redação, Estadão Conteúdo

16 de abril de 2019 | 21h45

Aos 32 anos e desde julho de 2017 no Grêmio, o goleiro Paulo Victor considera que a conquista do título gaúcho, nesta quarta-feira, às 21h30, na Arena, diante do Internacional, será o seu maior feito na carreira.

"O próximo desafio é sempre o mais o importante. Aceitei reduzir meu salário pela metade para vir do Flamengo e estou vendo a recompensa agora. Vencer sempre é importante, quando você vence sempre tem mais confiança e marca sua carreira", disse o goleiro.

Nesta temporada, Paulo Victor assumiu a titularidade do Grêmio nesta temporada, em substituição a Marcelo Grohe, de grande história no clube, e que se transferiu ao Al-Ittihad, da Arábia Saudita.

"Eu sempre digo que um ídolo não é substituível e por isso o Marcelo não pode ser substituído. Joguei no time reserva, time alternativo e no time titular. Estou feliz por ter conseguido uma sequência no time e isso faz toda a diferença para um goleiro", afirmou Paulo Victor, apontado por muito como o melhor jogador do primeiro duelo no Beira-Rio, no domingo.

O goleiro gremista espera mais um jogo difícil, após o empate sem gols domingo, mas considera uma grande vantagem decidir em casa. "É muito bom ter o nosso torcedor ao nosso lado. Importante para impor nosso jogo. Esperamos uma festa bonita, arena lotada para que a gente faça a nossa parte em campo."

Se o Grêmio for campeão sem levar gol, vai igualar o feito de 1965 quando a defesa só foi vazada uma vez no Estadual, além de terminar o campeonato invicto. "O título é o mais importante, mas as marcas são colocadas na história, para o engrandecimento do clube."

O goleiro também se mostrou feliz com a possibilidade de Luan retornar ao time, após um período de dez dias de aperfeiçoamento físico. "Eu tenho uma gratidão muito grande pelo Luan. Um ano atrás ele foi o melhor da América. Quando se está por cima é muito bom bater palma. Agora ele precisa de nossa ajuda, todo mundo passa por momentos difíceis. É sempre bom tê-lo ao lado. Sou fã dele."

A provável escalação do Grêmio nesta quarta-feira tem: Paulo Victor; Leonardo, Geromel, Kannemann e Cortez; Maicon, Matheus Henrique, Alisson (Tardelli), Jean Pyerre e Everton; André.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.