Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Pausa do Palmeiras após eliminação será boa para Cleiton Xavier

Jogador terá tempo para recuperar ritmo de jogo e brigar por um lugar no time titular antes da estreia no Campeonato Brasileiro

Estadão Conteúdo

25 de abril de 2016 | 21h12

O Palmeiras foi eliminado no Paulistão e só volta a campo na primeira rodada do Brasileirão, dia 14 de maio, contra o Atlético-PR, no Allianz Parque. Essa pausa forçada será mais que suficiente para Cuca observar e apostar em um jogador que pode ser considerado um reforço: o meia Cleiton Xavier.

O meia, que sofreu uma série de lesões musculares ano passado e ficou oito meses sem atuar, jogou parte das duas últimas partidas do time, contra o River Plate, do Uruguai, pela Libertadores, e Santos, na Vila Belmiro, quando teve atuação decisiva nos minutos finais, nos quais os palmeirenses buscaram um improvável empate por 2 a 2 quando estavam perdendo por 2 a 0 na semifinal do Paulistão.

Nestes 20 dias sem partidas oficiais, Cleiton terá tempo para recuperar ritmo de jogo e brigar por um lugar no time titular, ainda que Cuca peça reforços. Após dois dias de folga, o Palmeiras se reapresenta aos treinamentos apenas na quarta-feira, depois de também folgar nesta terça.

Cuca usará este longo período apenas de treinos para enxugar o elenco palmeirense, que conta hoje com 39 jogadores. Com uma folha salarial alta, o clube terá de conter um pouco os gastos neste período de preparação para o Brasileirão, até pelo grande prejuízo financeiro amargado com a eliminação já na primeira fase da Libertadores.

Notícias relacionadas
Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasCleiton XavierFutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.