Paysandu bate o Atlético-ES fora de casa e abre vantagem na final da Copa Verde

Paraenses dão passo importante rumo ao título com vitória por 2 a 0 em Cariacica (ES)

Estadão Conteúdo

25 de abril de 2018 | 23h42

O Paysandu abriu boa vantagem na final da Copa Verde. Mesmo jogando fora de casa, no estádio Kleber Andrade, em Cariacica (ES), a equipe paraense bateu o Atlético-ES por 2 a 0 pela partida de ida, com dois gols do artilheiro Cassiano. Com o resultado, pode até perder por um gol de diferença no segundo jogo, no estádio Mangueirão, em Belém, no dia 16 de maio.

+ Eficiente na defesa, Corinthians 'sofre' no ataque e empata com o Vitória

+ Grêmio vence Goiás fora de casa e encaminha vaga às quartas da Copa do Brasil

Os paraenses buscam o segundo título da Copa Verde. Finalista também em 2014 e 2017, o Paysandu foi campeão em 2016 e é a equipe que mais participou de finais da competição. O Atlético-ES disputa a decisão pela primeira vez.

O primeiro tempo não teve muitos lances de perigo. No início, o Atlético-ES tinha uma postura mais ofensiva, buscando o ataque para fazer o resultado em casa, mas era o Paysandu quem chegava com mais perigo, explorando os contragolpes.

Aos poucos, o ritmo da partida foi caindo e os lances de perigo e finalizações passaram a ser cada vez mais raros. Até o intervalo, as duas equipes travaram disputas ríspidas no meio de campo, com muita marcação, mas poucas jogadas agudas.

O jogo só ganhou em emoção no início da segunda etapa, quando Cassiano abriu o placar para o Paysandu. Aos nove minutos, o centroavante roubou a bola do zagueiro Kleber Viana, invadiu a área e tocou na saída do goleiro.

Aos 27 minutos, o artilheiro da Copa Verde voltou a balançar as redes e ampliou a vantagem. Lançado em velocidade, Cassiano ganhou a disputa com Rhayne e bateu forte para o fundo do gol, marcando pela nona vez na competição.

Tudo o que sabemos sobre:
Paysandu Esporte Clubefutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.