Paysandu busca um empate para se salvar

Único representante da região norte na elite do futebol brasileiro, o Paysandu enfrenta neste domingo o Atletico Paranaense, no Mangueirão, encarando o adversário como se a partida valesse um título e não a desesperada luta contra o rebaixamento. Com 48 pontos na tabela e em 21º lugar, o time paraense precisa apenas de um empate para continuar na Primeira Divisão.O técnico Ivo Wortmann e seus jogadores sabem que com o apoio de sua exigente e fanática torcida o Paysandu terá de jogar como se a vitória fosse a única alternativa. "Temos de ser cautelosos, mas o objetivo é sair para o jogo e buscar logo a vitória."Para o meia Jobson, dentro de casa o time não pode jogar fechado, mas atuando sem deixar o Atlético tomar a iniciativa. "Tenho certeza que o time não vai cair."A pegada e a marcação forte são as armas que Ivo exigiu de seus atletas. O preparador físico Wellington Vero garante que o time tem folego para suportar esse ritmo durante os 90 minutos. Com lombalgia, o goleiro Carlos Germano deverá ser substituído por Alexandre Fávaro. Ronaldo será o goleiro reserva.O lateral-esquerdo Souza acredita que a presença de 50 mil torcedores do Papão no estádio darão a motivação necessária que o elenco precisa para se manter entre os 24 melhores do País. "Garra não faltará."

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.