Paysandu: cada jogo em casa é decisão

O treinador do Paysandu, Adílson Batista, acendeu o sinal de alerta entre os jogadores para a partida deste sábado à noite contra o Internacional (RS), no Mangueirão: o jogo deve ser encarado como se fosse uma decisão de campeonato. E deverá ser assim, a partir de agora, em cada uma das dez partidas que o clube paraense fará dentro de casa. o time está na 21a colocação, com 26 pontos. "Quem está na zona de rebaixamento não pode pensar de outra maneira", justifica Batista. Ele preparou o espírito do time para um jogo "muito difícil" contra os gaúchos. Durante a semana, os jogadores voltaram a treinar no sistema 4-4-2. O 3-5-2 só voltará a ser utilizado em jogos fora de casa. O retorno do volante Sandro, que estava suspenso por cartões amarelos, dá mais tranquilidade ao técnico. Ele também contará com a volta de Maurinho e poderá fazer a estréia do atacante Borges, ex-São Caetano, e do meia paulista Adrianinho. Esses dois, apenas no andamento do jogo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.