Paysandu com força máxima em Belém

Coritiba, 29 (AE) - A presença de seis titulares que não enfrentaram a Ponte Preta na quarta-feira por problemas de contusão, cartões amarelos e expulsão deu mais tranquilidade ao treinador Adilson Batista para a partida deste sábado contra o Coritiba, no Mangueirão. O retorno do meia Leonardo, que passou 45 dias afastado do elenco por ter operado o joelho, também é outra boa novidade no Papão. O jogador tem feito muita falta, principalmente em jogos fora de casa, quando o time perde força no ataque. "Estou pronto para entrar e ajudar na conquista de uma boa vitória.Dentro de casa, quem manda somos nós", disse o atacante Vinícius, que deve formar a dupla de área com Leonardo. O volante Sandro, recuperado de uma virose, é outro que não admite resultado diferente da vitória. A receita para derrotar o Coritiba é uma mistura de "raça e solidariedade" entre os colegas dentro de campo. O goleiro Paulo Musse, que cometeu falhas infantis na partida contra a Ponte Preta, contribuindo para dois dos três gols do adversário, diz estar pensando somente no jogo de amanhã. Os erros de três dias atrás ele prefere esquecer.

Agencia Estado,

29 de outubro de 2004 | 19h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.