Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Paysandu demite o treinador Arturzinho na Série B

Em 11 jogos, treinador soma seis derrotas, três vitórias e dois empates

AE, Agência Estado

18 Setembro 2013 | 18h53

BELÉM - Depois de Vágner Benazzi, no Bragantino, e Leandro Santos, no ASA, mais um técnico caiu em decorrência dos resultados da 23ª rodada da Série B, disputada na noite de terça-feira. Agora foi a vez de Arturzinho, demitido do Paysandu na tarde desta quarta, após ter perdido para o Paraná na noite anterior, por 3 a 1, em Curitiba.

Arturzinho assumiu o comando do Paysandu no início de agosto. Ele chegou com a missão de tirar o time paraense da zona de rebaixamento da Série B, mas precisou reformular o elenco com a competição em andamento. E ficou no cargo em apenas 11 jogos, somando seis derrotas, três vitórias e dois empates.

O técnico deixou o Paysandu ainda na briga pela permanência na Série B. Apesar de estar na penúltima posição, o time paraense está apenas um ponto atrás do Atlético-GO, primeiro fora da zona de rebaixamento. O substituto de Arturzinho ainda não foi definido pela diretoria.

O próximo jogo do Paysandu será na noite de sábado, quando recebe justamente o Atlético-GO, no Estádio da Curuzu, em Belém. E, dependendo de outros resultados da 24ª rodada, pode até sair da zona de rebaixamento se conseguir ganhar do time goiano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.