Evelson de Freitas/Estadão
Evelson de Freitas/Estadão

Paysandu demite o treinador Arturzinho na Série B

Em 11 jogos, treinador soma seis derrotas, três vitórias e dois empates

AE, Agência Estado

18 de setembro de 2013 | 18h53

BELÉM - Depois de Vágner Benazzi, no Bragantino, e Leandro Santos, no ASA, mais um técnico caiu em decorrência dos resultados da 23ª rodada da Série B, disputada na noite de terça-feira. Agora foi a vez de Arturzinho, demitido do Paysandu na tarde desta quarta, após ter perdido para o Paraná na noite anterior, por 3 a 1, em Curitiba.

Arturzinho assumiu o comando do Paysandu no início de agosto. Ele chegou com a missão de tirar o time paraense da zona de rebaixamento da Série B, mas precisou reformular o elenco com a competição em andamento. E ficou no cargo em apenas 11 jogos, somando seis derrotas, três vitórias e dois empates.

O técnico deixou o Paysandu ainda na briga pela permanência na Série B. Apesar de estar na penúltima posição, o time paraense está apenas um ponto atrás do Atlético-GO, primeiro fora da zona de rebaixamento. O substituto de Arturzinho ainda não foi definido pela diretoria.

O próximo jogo do Paysandu será na noite de sábado, quando recebe justamente o Atlético-GO, no Estádio da Curuzu, em Belém. E, dependendo de outros resultados da 24ª rodada, pode até sair da zona de rebaixamento se conseguir ganhar do time goiano.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BPaysanduArturzinho

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.