Paysandu faz mistério para pegar o Boca

O treinador Dario Pereyra resolveu fazer mistério sobre a escalação do Paysandu para a partida desta quinta-feira à noite contra o Boca Juniors, em Buenos Aires. Ele tem dúvidas no meio campo e, principalmente, na defesa, que lhe vem dando muitas dores de cabeça.Dario disse que o time será definido nos vestiários do estádio La Bombonera. A única certeza é o retorno do volante Vanderson, um jogador de pegada no meio campo e que tem a vantagem de fazer a proteção da zaga central.Insatisfeito com o rendimento dos zagueiros Sérgio e Tinho, o treinador chamou às pressas o central Lima, contratado junto ao Náutico há três meses, mas que sequer vinha sendo relacionado para o banco. O jogador passava o tempo treinando entre os reservas no estádio da Curuzu. Dario ainda não definiu se Lima começará a partida.A outra dúvida está no gol. Marcão, que tomou dez gols nos últimos dois jogos pelo Campeonato Brasileiro, poderá perder o lugar para Ronaldo. O meia Welber, alheio às dúvidas do treinador, afirma que a partida será o jogo de sua vida. "Quero estar bem e contribuir para a nossa vitória".A equipe deve jogar com Marcão (Ronaldo), Rodrigo, Sérgio (Lima), Jorginho, Luiz Fernando; Sandro, Vanderson, Lecheva (Bruno) e Welber; Robson e Iarley. O jogo será dirigido pelo árbitro paraguaio Carlos Amarilla e começa às 21h10 (de Brasília).

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.