Paysandu ganha a primeira partida como visitante e respira na Série B

Vitória contra o América-MG por 1 a 0 deixa time paraense perto de sair da zona do rebaixamento

AE, Agência Estado

29 de outubro de 2013 | 23h25

BELO HORIZONTE - O Paysandu segue vivo na luta contra o rebaixamento do Campeonato Brasileiro da Série B. O clube paraense foi até Belo Horizonte e conquistou a sua primeira vitória fora de casa ao surpreender o América-MG, na noite desta terça-feira, por 1 a 0, em plena Arena Independência, pelo complemento da 32.ª rodada. O gol heroico foi marcado pelo atacante Careca. Com o resultado, o time visitante subiu para a 17.ª colocação, com 35 pontos, e ficou muito próximo de sair da zona de rebaixamento. Isso porque o 16.º colocado, o ABC, tem a mesma pontuação na tabela de classificação. Por sua vez, o América-MG segue longe do G4. O time mineiro é apenas o oitavo colocado com 48 pontos, a cinco do Sport, quarto. Este foi seu sexto jogo sem vitória dentro de casa.

Diferente do que se viu na Libertadores, quando a Arena Independência era usada pelo Atlético-MG e ficava toda em preto e branco, nesta terça-feira o Horto estava verde. Os torcedores lotaram para apoiar o time da casa, mas quem começou melhor foi o Paysandu, que perdeu um gol logo no início de jogo. O clube mineiro marcou seu gol, mas o árbitro apitou impedimento de Willians, que estava em posição legal. O atacante recebeu belo passe e desviou de cabeça para o gol contra de Yago Pikachu.

Após o lance polêmico, o clube paraense cresceu na partida e abriu o placar. Diego Barboza fez boa jogada e cruzou para Careca empurrar para o gol aos 37 minutos. Antes do apito final, Yago Pikachu e Willians se envolveram em uma confusão. O atacante foi punido com o cartão vermelho por ter dado uma cabeçada no lateral, que apenas tomou o amarelo. Mesmo com um jogador a menos, o América-MG saiu em busca do empate na segunda etapa. E criou muitas chances de gol. Nos minutos finais, o time mineiro deixou de lado o esquema tático e saiu para o ataque. As principais jogadas saíram dos pés de Fábio Júnior, mas acabou parando no goleiro Matheus.

Na próxima partida, o América-MG enfrenta o ASA nesta sexta-feira, às 21 horas, na Arena Independência, em Belo Horizonte. Já o Paysandu volta a campo no mesmo dia diante do Joinville, às 19h30, na Arena Joinville.

FICHA TÉCNICA

AMÉRICA-MG 0 X 1 PAYSANDU

AMÉRICA-MG - Matheus; Elsinho, Jaílton, Vitor Hugo e Danilo; Claudinei, Andrei Girotto (Marcão), Elvis e Bady; Willians e Alessandro (Fábio Júnior). Técnico: Silas Pereira.

PAYSANDU - Matheus; Yago Pikachu, Fábio Sanches, Leonardo e Diego Barboza (Alex Gaíbu); Vanderson, Zé Antônio, Eduardo Ramos e Jailton; Marcelo Nicácio (Dennis) e Careca (Dirceu). Técnico: Vágner Benazzi.

GOL - Careca, aos 37 minutos do primeiro tempo.

ÁRBITRO - Jean Pierre Gonçalves Lima (RS).

CARTÕES AMARELOS - Jaílton e Vítor Hugo (América-MG). Yago Pikachu, Dirceu e Vanderson (Paysandu).

CARTÃO VERMELHO - Willians (América-MG).

RENDA - R$ 61.650,00.

PÚBLICO - 8.959 pagantes (12.606 total).

LOCAL - Arena Independência, em Belo Horizonte (MG).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BPaysanduAmérica-MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.