Paysandu ganha do Luverdense e segue com chances de acesso na Série B

O sonho ainda está longe de se tornar realidade, mas o Paysandu se colocou novamente na briga por um lugar no G4, zona de acesso, na noite desta sexta-feira, quando derrotou o Luverdense pelo placar de 3 a 2, em partida disputada no Estádio Mangueirão, em Belém (PA), pela 36.ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B.

Estadão Conteúdo

13 Novembro 2015 | 23h33

Com o triunfo, o Paysandu subiu para a sexta colocação, com 56 pontos, a dois do Santa Cruz, quarto. A torcida é para que seus adversários diretos na briga pelo acesso tropecem para tentar ficar com a vaga nas últimas duas rodadas. Já o Luverdense, que não tem mais chances de subir, fica em décimo, com 51.

O Paysandu precisou de apenas 18 minutos para colocar uma boa vantagem no marcador diante do visitante. O clube paraense começou em cima do adversário e foi logo abrindo o placar com uma cabeçada certeira do ex-palmeirense Betinho, após cruzamento de João Lucas, aos seis. A pressão montada por Dada Cavalcanti deu resultado, tanto é que Aylon tabelou com Jhonnatan e fez o segundo para o time da casa aos 18 minutos.

Quando tudo indicava que o primeiro tempo terminaria com uma grande vantagem do Paysandu, Lázaro tratou de esfriar os ânimos e, de cabeça, diminuiu para o Luverdense. Isso através de uma bola alçada dentro da área paraense, aparentemente sem perigo, pegando a defesa totalmente de surpresa aos 45 minutos.

No segundo tempo, o panorama foi o mesmo. O Paysandu tomou a iniciativa, enquanto o Luverdense se segurava. Era ataque contra defesa. Betinho mandou para fora, Pablo no travessão e Aylon marcou. Jhonnatan tocou para o atacante, que dominou dentro da área e mandou e encheu o pé. Edson espalmou para o fundo das redes, aos 23 minutos.

O time do Mato Grosso se soltou nos minutos finais e ainda conseguiu diminuir o marcador. Aos 43, Diego Rosa, que estava até então apagado no jogo, recebeu pelo lado direito, chutou cruzado e deu uma sobrevida ao time. O Paysandu, porém, soube se segurar para garantir mais uma vitória.

Na próxima rodada, o Luverdense visita o Vitória no dia 21 de novembro, sábado, às 17h30, na Arena Fonte Nova, em Salvador (BA). No mesmo dia e horário, o Paysandu enfrenta o Criciúma, no Mangueirão, em Belém (PA).

FICHA TÉCNICA:

PAYSANDU 3 X 2 LUVERDENSE

PAYSANDU - Emerson; Yago Pikachu, Pablo, Thiago Martins e João Lucas; Fahel, Augusto Recife (Sérgio Manoel), Jhonnatan e Roni (Marquinho); Aylon (Edinho) e Betinho. Técnico - Dado Cavalcanti.

LUVERDENSE - Edson; Raul Prata (Gabriel Passos), Lázaro, Everton e Paulinho; Muralha, Diego Rosa, Alípio (Adriano da Matta) e Osman; Lucas Fernandes e Assuério (Calyson). Técnico - Júnior Rocha.

ÁRBITRO - Leandro Pedro Vuaden (RS).

GOLS - Betinho, aos seis, Aylon, aos 18, e Lázaro, aos 45 minutos do primeiro tempo. Aylon, aos 23, e Diego Rosa, aos 43 minutos do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO - Aylon (Paysandu).

RENDA - R$ 45.228,00.

PÚBLICO - 5.524 pagantes.

LOCAL - Estádio Mangueirão, em Belém (PA).

Mais conteúdo sobre:
futebol Série B Paysandu Luverdense

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.