Paysandu goleia Criciúma em 15 minutos

O Paysandu precisou de apenas 15 minutos do segundo tempo, para golear o Criciúma por 4 a 0. Magnum, Jorginho, Souza e Zé Augusto fizeram os gols dos paraenses. O resultado foi justo, porque o time catarinense passou quase todo o jogo fechado na defesa, utilizando o sistema 3-5-2. No primeiro tempo, o Paysandu chegou a se atrapalhar com a retranca do Criciúma. Magnum errava muitos passes, armando o contra-ataque adversário. Os catarinenses quase marcam aos 19, mas Carlos Germano fez milagre, tirando a bola dos pés de Leonardo. Aos 36, Luiz Fernando tinha a bola dominada e perdeu para Etto, que foi derrubado dentro da área por Jorginho. Paulo César cobrou o pênalti e Carlos Germano, em grande fase, defendeu. Aos 42, Vélber sofreu um pênalti claro, mas o árbitro não só deixou de marcar como ainda deu o cartão amarelo para o jogador do Paysandu. Uma bronca do treinador Ivo Wortmann no intervalo fez o Paysandu voltar mais esperto na fase final. O Criciúma, sempre encolhido, era presa fácil. Aos 20, Magnum fez 1 a 0, chutando forte da intermediária. Aos 24, Jobson cobrou falta na cabeça de Jorginho: 2 a 0. Vélber fez carnaval na defesa aos 27 e cruzou para Souza fazer o terceiro gol. Aos 35, Zé Augusto matou no peito, driblou um zagueiro e fuzilou: 4 a 0.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.