Jorge Luiz/Paysandu
Jorge Luiz/Paysandu

Paysandu luta bastante, empata com o Criciúma e segue ameaçado na Série B

Time volta a campo na próxima sexta-feira, de novo em casa, diante do Goiás, às 19h15, pela 29ª rodada

Estadão Conteúdo

22 de setembro de 2018 | 18h42

O Paysandu lutou bastante, mas não conseguiu ir além do empate por 1 a 1 com o Criciúma, neste sábado, na Curuzu, em jogo válido pela 28ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. Sem perder há três jogos, o time paraense ocupa a perigosa 16ª posição, com 31 pontos, superando o Juventude - primeiro na zona de rebaixamento - apenas no número de vitórias: 7 a 6. O time catarinense chegou ao quinto jogo sem derrota, com 36 pontos, em 13º lugar.

O Paysandu começou melhor, na pressão e aproveitando bem a falta de posicionamento do Criciúma, sentindo os seis desfalques. Luiz já tinha feito boa defesa aos quatro minutos em chute de Mike, mas só viu o chute no canto direito aos cinco minutos do zagueiro Fernando Timbó, que aproveitou o cruzamento rasteiro de Guilherme Santos.

Aos 19 minutos, Mike quase ampliou, mas desta vez o goleiro Luzi conseguiu dar um tapa e evitar o pior. Aos poucos, o Criciúma estabilizou o jogo e chegou ao empate aos 34 minutos. Após escanteio, Liel apareceu na segunda trave e cabeceou firme.

No segundo tempo, o Paysandu foi melhor. Aos 13 minutos, quase fez o segundo numa bela virada de Mike, que desviou na defesa e saiu a escanteio. Aos 16 minutos, o visitante deu resposta numa cabeçada de Joaderson que explodiu na trave. O time da casa, porém, tinha mais controle de bola e Pedro Carmona, dentro da área, bateu de esquerda para ver a bola tocar de novo na trave direita.

Nesta altura, o Criciúma, cansado, já tentava segurar o placar, com pouca força no ataque. O Paysandu, com maior volume, buscava o gol da vitória que quase saiu aos 28 minutos. Após cruzamento alto de Mike, Hugo Almeida apareceu no outro lado para cabecear, mesmo desequilibrado, na trave. Até o final o jogo foi de pressão do Paysandu e de agonia de sua torcida.

O Paysandu volta a campo na próxima sexta-feira, de novo em casa, diante do Goiás, às 19h15, pela 29ª rodada. O Criciúma vai pegar o Boa, em Varginha (MG), no sábado, às 21 horas.

FICHA TÉCNICA:

PAYSANDU 1 x 1 CRICIÚMA

PAYSANDU - Renan Rocha; Maicon Silva, Perema, Fernando Timbó e Guilherme Santos; Nando Carandina, Willyam (Felipe Guedes) e Pedro Carmona (Alan Calbergue); Magno (Claudinho), Mike e Hugo Almeida. Técnico: João Brigatti.

CRICIÚMA - Luiz; Sandro, Nino e Fábio Ferreira; Sueliton, Fábio Ferreira, Liel, Jean Mangabeira, Alex Maranhão (Andrew) e Iago (Luiz Fernando); Vitor Feijão e Joanderson (Patrick). Técnico: Mazola Júnior.

GOLS - Fernando Timbó, aos cinco, e Liel, aos 34 minutos do primeiro tempo.

CARTÕES AMARELOS - Hugo Almeida e Perema (Paysandu); Fábio Ferreira e Luiz Fernando (Criciúma).

ÁRBITRO - Flávio Rodrigues de Souza (SP).

RENDA - R$ 117.995,00.

PÚBLICO - 8.128 pagantes.

LOCAL - Estádio da Curuzu, em Belém (PA).

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.