Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Paysandu quer empate em São Caetano

A euforia do treinador e dos jogadores do Paysandu em subir ainda mais na tabela de classificação e alcançar uma vaga à Copa Sul-americana de 2005 cedeu lugar à realidade: o clube deve lutar mesmo é para se manter na 1ª Divisão e a partir de agora vai jogar para não mais voltar a ficar ameaçado pelo rebaixamento. Esta nova postura já poderá ser observada na partida deste domingo, contra o São Caetano. Um empate, por exemplo, será comemorado como uma vitória. "Com 43 pontos na tabela e ocupando a 15ª colocação, uma nova goleada contra o São Caetano igual à ocorrida quinze dias atrás para o São Paulo (7 a 0) irá mexer ainda mais com o ânimo do time, que já enfrenta problemas internos como indisciplina de alguns jogadores e atraso no pagamento de salários.O treinador Adilson Batista, que parecia ter o plantel na mão, somente agora parece ter se dado conta de que terá problemas se insistir com o esquema 3-5-2, uma alternativa que sacrifica ainda mais sua frágil defesa. Pelo menos de uma dor de cabeça Batista já se livrou: ele terá a volta de seus zagueiros titulares Alex Pinho e Júlio Santos, que estavam suspensos por cartões amarelos. O volante Sandro, antes um intocável, foi barrado e fica no banco. O titular agora é Jairo que desarma bem as jogadas do adversário, mas não sabe servir o ataque. O meia Adrianinho finalmente terá a chance de começar uma partida. O drama na frente continua. Sem o meia Leonardo, operado do joelho, a solução foi improvisar Jobson mais adiantado para formar dupla com Vinícius, um grandalhão que não está acostumado a jogar fixo na área. Balão e Zé Augusto ficam como opção do ataque para o segundo tempo. Se o jogo estiver equilibrado, ambos podem ser duas armas letais.

Agencia Estado,

16 de outubro de 2004 | 16h38

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.