Paysandu: técnico exige garra

O técnico Carlos Alberto Torres cobra mais garra dos jogadores do Paysandu para tentar retomar o caminho das vitórias, interrompido na derrota para o Cruzeiro (4 a 3), no sábado, diante do Corinthians, no Estádio do Mangueirão, nesta quinta-feira, às 20h30. De acordo com o treinador, o time não pode perder o foco se quiser continuar na Primeira Divisão em 2006.?Houve um relaxamento contra o Cruzeiro e isso não pode acontecer. O jogo de futebol tem 90 minutos e precisamos ter atenção o tempo todo para sair com a vitória?, observa Torres.A grande novidade do Paysandu é o retorno do centroavante Róbson, artilheiro do Campeonato Brasileiro com 21 gols. Contra o time mineiro, o jogador cumpriu suspensão pelo terceiro cartão amarelo. Outro que retorna é o volante Vânderson. Ceará e Alemão voltam para a reserva.?O problema do nosso time naquele jogo (contra o Cruzeiro) foi de cabeça, não técnico. Os jogadores ficaram ansiosos porque, se vencêssemos, sairíamos definitivamente da zona de rebaixamento?, comentou o treinador do Paysandu, que disputará a quinta partida à frente da equipe ? foram três vitórias e uma derrota.

Agencia Estado,

27 de outubro de 2005 | 09h43

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.