Paysandu vence Criciúma no fim, mas permanecerá na Série B

O Paysandu finalmente voltou a vencer no estádio do Mangueirão neste sábado, ao fazer 1 a 0 sobre o Criciúma com um gol marcado aos 42 minutos da segunda etapa com o atacante Edinho, mas permanecerá na Série B do Campeonato Brasileiro. O time paraense tinha chances remotas de conquistar o acesso e não teve o apoio de seu torcedor, que compareceu em pequeno número em seu estádio.

Estadão Conteúdo

21 de novembro de 2015 | 19h53

Com o resultado, o Paysandu chegou aos 59 pontos e assumiu a sétima colocação da Série B. O Criciúma seguiu com os mesmos 46 e na 13.ª posição da competição.

Sem nenhuma chance de acesso, as equipes cumprem tabela na próxima rodada. O Paysandu enfrenta o Oeste, que ainda luta para fugir do rebaixamento, sábado, às 17h30, no estádio José Liberatti, em Osasco. No mesmo dia e horário, o Criciúma recebe o CRB, em casa, no estádio Heriberto Hulse, fechando sua participação na temporada 2015.

O Paysandu começou o jogo deste sábado dominando o adversário e partiu com tudo para marcar logo o seu gol. Com um minuto, Betinho perdeu chance clara ao chutar para fora na frente do goleiro Luiz. Yago Pikachu, batendo falta, e novamente Betinho, aos 25 minutos, voltaram a perder chance de abrir o marcador. Depois dos 25 minutos, o Criciúma conseguiu igualar as forças, mas pouco chegou ao ataque e não preocupou o goleiro Emerson.

O segundo tempo começou com o Paysandu mudando de atacante com a entrada de Wellington Júnior, e o time ficou mais ofensivo. Tanto que aos quatro minutos e aos 20, o jogador perdeu duas ótimas chances de marcar. O Criciúma se preocupava apenas em se defender e procurar um contra-ataque para matar a partida, mas não conseguia articular nenhuma jogada.

Quando o placar parecia definido, o Paysandu chegou ao gol que lhe deu a vitória. Aos 42 minutos Yago Pikachu ajeitou a bola com carinho para Edinho, que bateu forte e abriu o marcador no Mangueirão.

FICHA TÉCNICA:

PAYSANDU 1 x 0 CRICIÚMA

PAYSANDU - Emerson; Yago Pikachu, Thiago Martins, Pablo e João Lucas; Fahel, Augusto Recife (Edinho), Jhonnatan e Roni (Marquinho); Aylon (Wellington Júnior) e Betinho. Técnico - Dado Cavalcanti.

CRICIUMA - Luiz; Maicon Silva (Ezequiel), Wanderson, Adalberto e Marlon; Ruan, Barreto, Dudu (Kalil) e Douglas Moreira; Roger Guedes e Maurinho (Jeferson). Técnico - Roberto Cavalo.

ÁRBITRO - Gilberto Rodrigues Castro Junior (PE).

CARTÕES AMARELOS - Yago Pikachu, Pablo, Marquinho, Fahel, Betinho e Wellington Júnior (Paysandu), Marlon (Criciúma).

RENDA - R$ 63.187,00.

PÚBLICO - 5.499 pagantes.

LOCAL - Estádio Mangueirão, em Belém (PA).

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSérie BPaysanduCriciúma

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.