PC Gusmão pede rapidez por salários

O técnico do Botafogo, Paulo César Gusmão, espera que a diretoria pague os salários dos jogadores "o mais rápido possível", para, em seguida, definir a programação de treinamentos. Diante da folga de duas semanas por causa dos compromissos da seleção nas eliminatórias do Mundial de 2006, o treinador pretende levar a equipe para Cabo Frio, na Região dos Lagos, com a intenção de melhorar o entrosamento dos atletas dentro e fora de campo.Enquanto aguarda uma solução da diretoria alvinegra, PC Gusmão disse nesta quarta-feira que vai fazer apenas uma alteração para o jogo contra o Juventude, no Estádio Luso-Brasileiro, no dia 11: o zagueiro Scheidt, depois de cumprir suspensão, retorna no lugar de Emerson. Será o duelo entre o líder, o Botafogo, e o segundo colocado do Campeonato Brasileiro."A intenção é manter a equipe que venceu o Atlético-PR, na última rodada. O Scheidt vinha bem e não perderá sua vaga", declarou o técnico alvinegro. "O atacante Caio também me agradou e, por isso, Guilherme aguarda uma oportunidade".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.