PC Oliveira: 'Brasil agora é respeitado por seu jogo coletivo'

Técnico brasileiro destaca trabalho realizado para dar mentalidade tática à seleção

EFE

19 de outubro de 2008 | 17h04

RIO - Após a conquista do Mundial de futsal na final contra a Espanha, o técnico PC de Oliveira disse que a seleção brasileira passou a ser respeitada pelo jogo coletivo e os conceitos táticos.Veja também: Papel de parede: 800x600; 1024x768; 1280x1024 Mundial de Futsal - Classificação, calendário e resultadosNos pênaltis, Brasil conquista o hexa no Mundial de futsal Geração Falcão também é campeã Supremacia reconquistada no cenário MundialPara o treinador, a equipe era vista pelos outros países apenas como um conjunto de jogadores talentosos. "O futsal do Brasil continua sendo admirado, mas com este título passa a ser respeitado por seus conceitos táticos. Agora temos uma equipe equilibrada, com uma defesa capaz de fazer uma transição rápida", disse.Quem adotou o mesmo discurso foi o goleiro Franklin, herói da conquista do título no Maracanãzinho. Para o jogador, a vitória de hoje vai mudar a visão que os estrangeiros têm do futsal brasileiro. "Lá fora, vão parar de falar que aqui só existem bons jogadores com times fracos. Mostramos que temos bons valores, mas também um ótimo grupo", disse o goleiro, que defendeu duas cobranças na decisão de pênaltis.Já PC não disse se irá deixar a seleção após o fim de seu contrato de quatro anos. Sobre a campanha até o título mundial, disse que pôde exercer sua filosofia de trabalho na equipe. "Fiz tudo que queria fazer. Não mudei nada em meus conceitos, nem uma vírgula. Não vou dizer que fomos campeões por isso, mas isso ajudou", afirmou.Para o técnico, o momento agora é de renovar a seleção e achar novos nomes, para substituir os veteranos que estão deixando a equipe. "Precisamos pensar na estrutura, com o centro de treinamento [em Fortaleza]. Também é preciso procurar uma nova geração de jogadores. É hora de procurar novos ídolos, jogadores que não se imponham pelo nome que fizeram", disse.O Brasil se sagrou campeão mundial ao derrotar neste domingo a Espanha por 4 a 3 nos pênaltis, após empate em 2 a 2 no tempo normal.

Tudo o que sabemos sobre:
Mundial de FutsalPC Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.