Matthias Schrader/AP - 7/12/2010
Matthias Schrader/AP - 7/12/2010

Pedido de liberdade de Breno será avaliado na quinta

Brasileiro está em prisão preventiva desde último sábado, mas já conta com apoio do Bayern

AE, Agência Estado

28 de setembro de 2011 | 15h06

MUNIQUE - O zagueiro Breno pode deixar a prisão e ser colocado em liberdade nesta quinta-feira, quando A promotoria de Munique vai avaliar, em uma audiência oral, o pedido de habeas-corpus do jogador brasileiro, interposto pelo seu advogado para que seja julgado em liberdade da acusação de ter causado o incêndio na sua casa, ocorrido na madrugada do dia 19 para 20 de setembro.

A avaliação do habeas-corpus do zagueiro do Bayern de Munique será feito na quinta, mas existe as possibilidade de uma resposta não ser dada imediatamente, o que pode prolongar a permanência do jogador na prisão. O seu advogado alegou que ele estaria "doente".

Breno está em prisão preventiva desde o último sábado. O jogador de 21 anos foi detido porque a polícia alemã diz temer uma fuga do país. Os investigadores não deram outros detalhes do caso.

O incêndio destruiu a casa de Breno, com prejuízo estimado em 1 milhão de euros, mas ninguém ficou ferido. No momento do incidente, o zagueiro estava sozinho no imóvel, sem a esposa e os filhos. Assim, o brasileiro foi levado para um hospital apenas por precaução.

A diretoria do Bayern de Munique tem prestando assistência a Breno e sua família. Diretor executivo do clube, Karl-Heinz Rummenigge declarou estar confiante que o brasileiro logo seria colocado em liberdade e considerou a prisão do jogador "exagerada".

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrenoprisãohabeas-corpus

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.