Pedrinho leva vantagem em disputa com Petkovic

Fraco desempenho do meia sérvio leva Luxemburgo a escolher o brasileiro na armação das jogadas do Santos

Sanches Filho, Especial para o Estadão

02 de outubro de 2007 | 19h14

Ao perder Baiano, expulso ainda no primeiro tempo contra o Vasco, domingo passado, Vanderlei Luxemburgo preferiu arriscar com Pedrinho, pendurado com o cartão amarelo, e tirar Petkovic para a entrada de Alessandro, tornando a equipe mais equilibrada.  Assim, embora o técnico não antecipe a escalação, Pedrinho está em vantagem em sua disputa pessoal com o sérvio para ser o meia de criação diante do Cruzeiro, na quarta-feira à noite. "É necessário que o time jogue com a garra e o espírito de competição que teve quando ficamos com um a menos contra o Vasco", disse o meia. "Há momentos em que só a técnica não resolve. No segundo tempo, atuei mais como lateral e mesmo assim tivemos duas excelentes chances para ampliar o marcador."  Para Pedrinho, o Santos passa por um momento psicológico favorável depois dos três pontos ganhos contra o Vasco e da volta ao G-4. "Ao contrário do Cruzeiro, que perdeu em casa e terá a torcida contra se não começar bem a partida. E eu acredito que a nossa classificação para a Libertadores passa por um bom resultado diante do Cruzeiro." Depois do que aconteceu na rodada de domingo, Pedrinho resolveu concentrar-se apenas nos jogos do Santos. "O Campeonato Brasileiro está estranho. Domingo, em campo, cheguei a ficar alegre quando foi anunciado que o São Paulo estava perdendo. Mas, em seguida, lembrei-me de que com a vitória, o Internacional poderia encostar e ser mais um na luta pela classificação para a Libertadores. Agora, ganhando do Cruzeiro, podemos ajudar o São Paulo, mas isso não importa. Temos de pensar no que representam esses três pontos para atingirmos o nosso objetivo", disse Pedrinho.  Ele acredita que se o Santos conseguir sete pontos nos jogos com Cruzeiro, Botafogo (sábado a noite, no Rio) e no clássico com o Palmeiras (sábado da próxima semana, na Vila Belmiro) não perde mais a vaga para a Libertadores.CruzeiroFábio; Mariano (Jonathan), Thiago Martinelli, Thiago Heleno e Fernandinho; Ramires, Charles, Maicosuel e Wagner; Roni e Marcelo MorenoTécnico: Dorival JúniorSantosFábio Costa; Domingos, Adaílton e Marcelo; Alessandro, Maldonado, Rodrigo Souto, Pedrinho e Kléber; Renatinho e Kléber PereiraTécnico: Vanderlei LuxemburgoÁrbitro: Evandro Rogério Roman (PR)Estádio: MineirãoHorário: 21h45TV: BandVascoSílvio Luiz; Wagner Diniz, Jorge Luiz, Vilson e Rubens Júnior; Amaral, Andrade, Perdigão e Conca; Enilton e AbudaTécnico: Celso RothJuventudeMichel Alves; Barão, Nunes, Juliano Cavalheiro e Cazumba; Marcão, Vanzini, Marcelo Costa e Bruno; Alex Alves e TadeuTécnico: Beto AlmeidaÁrbitro: Alício Pena Júnior (MG - Fifa)Estádio: São JanuárioHorário: 20h30TV: Pay-Per-ViewGrêmioSaja; Bustos, Pereira, Léo e Anderson; Eduardo Costa, Sandro Goiano, Diego Souza e Anderson; Jonas e TutaTécnico: Mano MenezesAtlético-MGJuninho; Cláudio, Vinícius, Marcos e Thiago Feltri; Xaves, Bilu, Gérson e Danilinho; Éder Luís e MarinhoTécnico: Emerson LeãoÁrbitro: Wilson Souza de Mendonça (PE-Fifa)Estádio: OlímpicoHorário: 20h30TV: Pay-Per-View      

Tudo o que sabemos sobre:
Santos FCBrasileirão Série A

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.