Amanda Perobelli/Reuters
Amanda Perobelli/Reuters

Pedrinho revela que está perto de renovar contrato com o Corinthians

Vínculo atual vai até o fim de 2020; jogador não revelou tempo do novo acordo

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

20 de novembro de 2019 | 17h21

O meia Pedrinho confirmou conversas adiantadas com a diretoria do Corinthians para uma renovação de contrato, que deve acontecer em janeiro do ano que vem. Com acordo até o fim de 2020, o jogador não revelou o tempo do novo vínculo com o clube, mas indicou que está tudo encaminhado para continuar no Parque São Jorge. "Sim, estamos conversando para no início de janeiro renovarmos. Isso já estava decidido (antes mesmo da saída de Fábio Carille)", disse Pedrinho em entrevista nesta quarta-feira.

Um dos jogadores mais importantes do Corinthians na temporada, Pedrinho está de volta após disputar o Torneio de Tenerife, na Espanha, com a seleção olímpica. Seu retorno é fundamental para a equipe buscar a vaga na Libertadores. Nos oitos jogos em que ele esteve ausente no Brasileirão, o Corinthians conseguiu seis empates e amargou duas derrotas, ou seja, não venceu. O jogador discorda de que o time dependa de suas boas atuações.

"Creio que todos os jogadores são importantes, não acho que seja "Pedrinhodependência". Acho que tem jogadores à altura que podem muito bem suprir minha ausência, mas infelizmente as vitórias não apareceram quando não estava em campo e aumentaram esses rumores, mas o elenco é de muita qualidade".

O meia comentou ainda a mudança no seu posicionamento com o técnico interino Dyego Coelho, que vai dirigir o time até a chegada de Tiago Nunes em janeiro"Fazia dois ou três anos que não atuava por ali, então, claro, a readaptação pode ser um pouco mais demorada do que pensava. Na seleção, eu também acabo atuando um pouco diferente do que aqui no Corinthians. Só atuei dois jogos pelo meio, tem os altos e baixos, mas pretendo ter a maior sequência possível para jogar bem onde sempre gostei de jogar."

Tudo o que sabemos sobre:
PedrinhoCorinthiansfutebol

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.