Divulgação
Divulgação

'Pegador de pênaltis' pode estrear no gol do Palmeiras no clássico

Vinicius Silvestre se destacou nas categorias de base, mas nunca atuou no profissional

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

26 Outubro 2016 | 07h00

O cartão de visitas de Vinicius Silvestre, candidato ao gol do Palmeiras contra o Santos por causa da suspensão de Jailson, inclui a defesa de pênaltis em jogos decisivos na base.

Um deles foi na final da Copa Rio Sub-17, torneio vencido pelo Palmeiras. Outros aconteceram ao longo da Copa do Brasil Sub-20 e Brasileiro da mesma categoria de 2013 e 2014. Os trunfos para ser um pegador de pênalti incluem a tranquilidade debaixo das traves e a estatura. Com 1,95 m, o goleiro de 22 anos é o mais alto do elenco. E tem Marcos como ídolo.

A altura foi decisiva no início da carreira. Depois que o goleiro de seu time quebrou o dedo quando atuava como jogador de linha em Guarulhos, onde nasceu, ele foi para o gol e não saiu mais. Teve passagens rápidas pela Portuguesa, Corinthians, mas se encontrou no Palmeiras, onde chegou em 2006.

Embora tenha viajado com o grupo em vários jogos da Série B em 2013, Vinicius ainda não estreou. O bom desempenho nos treinamentos fez com que a comissão técnica promovesse um revezamento entre ele e Vagner no banco de reservas. O segundo, mais experiente, já foi escalado em quatro partidas, mas somou algumas falhas, principalmente contra Botafogo e Chapecoense. A grande chance de Vinicius, portanto, pode ser neste sábado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.