Pego no antidoping em 2017, Lucas Crispim é liberado para jogar pelo São Bento

Meia foi flagrado pelo uso de fenoterol, substância que pode ser ingerida acidentalmente

Estadão Conteúdo

01 de fevereiro de 2018 | 22h38

Mesmo tendo sido flagrado em um exame antidoping no ano passado, quando defendia o Santos, o meia Lucas Crispim, do São Bento, não foi suspenso e pode atuar normalmente pelo time de Sorocaba (SP) que disputa a elite do Campeonato Paulista. Ele é titular da equipe dirigida pelo técnico Paulo Roberto Santos.

+ Confira a tabela do Campeonato Paulista

+ Mais notícias do Santos

Apesar do nome dele constar na lista do site da Autoridade Brasileira de Controle de Dopagem (ABCD), o órgão optou pela não punição porque o fenoterol é classificado como "substância especificada", aquela que pode ser ingerida acidentalmente por estar presente em complementos alimentares.

Lucas Crispim usou fenoterol, substância utilizada em medicamentos para asma. A presença foi constatada por exame realizado em novembro de 2017, após o duelo contra o Flamengo, pelo Campeonato Brasileiro, quando ele defendia o Santos.

No jogo em questão, Lucas Crispim ficou no banco de reservas. Ele não é jogador do Santos desde o final de dezembro, quando o vínculo acabou, mas o clube santista também foi notificado sobre o doping. Por isso, emitiu uma nota oficial para negar o envolvimento com o consumo de qualquer substância ilegal por parte do jogador.

O Santos emitiu uma nota oficial se isentando de responsabilidade. "O Santos FC esclarece que o atleta Lucas Crispim, enquanto esteve vinculado ao clube, não ingeriu qualquer medicamento orientado pelo clube que pudesse apontar alterações em exames habituais. O Santos mantém rígidos padrões de tratamento aos seus jogadores e está à disposição para esclarecer quaisquer informações relativas ao caso em questão".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.