Pekerman: "Derrota provocou muita dor"

O técnico da seleção argentina, José Pekerman, expressou de uma forma categórica sua frustração pela derrota para o Brasil na final da Copa das Confederações. "Esta derrota provocou muita dor. Há partidas fatais e esta vai ficar assim na história", reconheceu o treinador, nesta quarta-feira, em Frankfurt, na Alemanha."O Brasil jogou uma partida redonda", admitiu o técnico argentino. "Dois chutes a gol e dois gols, com um desempenho dentro da área que não era para tanto", disse Pekerman.Por último, o treinador ressaltou o lado bom da derrota. "Acredito que o encontro foi bonito porque a Argentina tentou jogar a partida e, assim, a atuação da equipe também teve seu lado positivo", concluiu.O capitão Sorín, que já jogou no Cruzeiro, afirmou que "não se pode falar muito sobre o jogo". Ele prefere apenas "reconhecer que o Brasil foi melhor que a Argentina".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.