Eduardo Muñoz|Reuters
Eduardo Muñoz|Reuters

Pelé afirma ter sido vítima de erro médico em cirurgia no quadril

Ex-jogador conta que teve de refazer operação nos Estados Unidos

Redação, O Estado de S. Paulo

06 de abril de 2016 | 22h16

Pelé afirmou que houve falha médica em uma cirurgia realizada no quadril dele em novembro de 2012, em São Paulo. Segundo o ex-jogador, o procedimento o obrigou a ser submetido a nova operação em dezembro do ano passado, nos Estados Unidos, para corrigir o erro na implantação de uma protése entre o fêmur e bacia.

O tricampeão mundial com a seleção brasileira concedeu entrevista à Folha de S. Paulo em que disse acreditar ter sido vítima de erro médico na cirurgia realizada no hospital Albert Einstein. "Segundo os médicos que me analisaram, teve um erro na técnica dos médicos brasileiros. Eu tinha um problema na resistência e a dor não passava de jeito nenhum", contou.

Nos Estados Unidos, o ex-jogador passou por nova cirurgia em um centro médico em Nova York. Pelé contou se sentir bem agora e não sentir mais dores. O Estado entrou em contato com a assessoria de imprensa do ídolo do Santos, que confirmou a informação de que ele credita o erro ao médico responsável pelo procedimento.

A reportagem não conseguiu localizar o médico para comentar o assunto. A assessoria de imprensa do hospital não retornou os contatos.

Notícias relacionadas

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.