Pelé aposta no Santos e pede paciência à torcida

Nem mesmo o empate em casa pela segunda rodada do Campeonato Paulista com a Ponte Preta tirou o otimismo de Pelé com o Santos. O eterno camisa 10 da Vila Belmiro vê com bons olhos o time que, segundo ele, ainda está sendo montado pelo técnico Dorival Júnior e pede paciência à torcida.

AE, Agencia Estado

21 de janeiro de 2010 | 14h48

"É claro que estamos no início de um trabalho", disse. "Alguns dos reforços ainda não puderam vir, mas tenho certeza que trabalhando seriamente e com os jogadores jovens dá para gente formar uma grande equipe", completou Pelé, que não esconde seu carinho por Neymar e Paulo Henrique.

Na opinião de Pelé, é preciso ter paciência com o trabalho do técnico Dorival Júnior porque o time pode surpreender novamente. "Peço para que os torcedores apoiem mesmo que o time perca, porque pode dar uma reviravolta e o Santos ser campeão como fomos para a final do Paulista ano passado sem ninguém esperar", disse.

Após dois jogos, o Santos está em segundo lugar, com quatro pontos. Pela terceira rodada, a equipe vai encarar o Mogi Mirim, no domingo, fora de casa.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolCampeonato PaulistaSantosPelé

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.