Mark Allan/ AP Images
Mark Allan/ AP Images

Pelé declara apoio a Blatter na eleição presidencial da Fifa

'Ainda tem chance de fazer boa administração', diz Rei do Futebol

Estadão Conteúdo

20 Março 2015 | 17h34

O suíço Joseph Blatter ganhou um apoio de peso para a eleição presidencial da Fifa. Nesta sexta-feira, Pelé anunciou o seu apoio ao atual comandante da entidade na disputa, que está agendada para maio, e também contará com as participações do ex-jogador português Luis Figo, de Ali bin al-Hussein, príncipe da Jordânia, e do holandês Michael van Praag.

Pelé defendeu que Blatter, de 79 anos, merece exercer um quinto mandato de quatro anos, mesmo com os recentes escândalos envolvendo a Fifa nos últimos anos. "Vou ser claro, vou apoiar Sepp Blatter porque Blatter tem mais experiência, ele está lá há muito tempo", disse o Rei do Futebol em uma entrevista à Associated Press nesta sexta-feira. "É claro que na vida você deve ter algumas mudanças, mas vou apoiar Blatter, acho que ele ainda tem a oportunidade de fazer uma boa administração".

Para Pelé, o maior desafio do comandante da Fifa é ter condições de gerir o esporte, que está em rápida expansão. "As pessoas devem prestar atenção a uma coisa, há alguns anos eram dois ou três países (dominando o futebol)", disse o brasileiro. "Agora você tem um crescimento, a Ásia, a África. Se tornou mais difícil de administrar a Fifa, e esse é o problema".

As declarações de Pelé foram dadas em Londres, onde ele participou de um evento promocional da loja de sanduíches Subway. No início de dezembro, ele deixou um hospital em São Paulo, após um longo tratamento de uma infecção urinária. Ainda na Inglaterra, Pelé vai acompanhar o jogo entre Liverpool e Manchester United, domingo, pelo Campeonato Inglês, no Anfield Road.

Mais conteúdo sobre:
futebol Pelé Fifa joseph blatter

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.