Werther Santana/ Estadão
Werther Santana/ Estadão

Pelé é considerado o jogador mais superestimado de todos os tempos por site inglês

Lista traz ainda Neymar e Roberto Carlos entre os atletas que têm mais fama pouco condizente com o nível do futebol

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de maio de 2020 | 14h36

O ex-craque Pelé, considerado o maior jogador do futebol, foi eleito, pelo site inglês Football 365, o jogador mais superestimado de todos os tempos. De acordo com a publicação o tricampeão mundial se favoreceu das circunstâncias e poderia ter sido superado na história por nomes como Heleno de Freitas e Garrincha.

"Ele não foi o melhor jogador do Brasil na Copa de 1958, nem na de 1970, e passou boa parte da de 1962 lesionado. Além disso, turbinou suas estatísticas com amistosos não-oficiais e coisas do tipo", justificam os ingleses, que acrescentam: "Heleno de Freitas e Garrincha podem ter sido tão bons quanto, o que prova que Pelé se beneficiou das circunstâncias. O primeiro nasceu cedo demais para aproveitar a exposição na TV e o segundo não tinha interesse em se promover".  

A a lista, composta por dez atletas e encabeçada por Pelé conta com mais quatro brasileiros. São eles: o ex-lateral Roberto Carlos, o meia Philippe Coutinho e os atacantes Neymar e Hulk.

"Enquanto há vídeos que compilam inúmeros lances de velocidade e chutes que desafiam a física, há também provas de sobra de que o brasileiro nunca se preocupou em defender", diz o site, ao justificar a escolha do terceiro lugar para Roberto Carlos.

Neymar não ficará contente ao ler os motivos da sua participação no ranking dos superestimados. O site afirma que o jogador não conseguiu superar Messi e Cristiano Ronaldo, sendo que tão pouco consegue ficar à frente de Mbappé no PSG, que, por vezes, faz sombra ao jogador brasileiro.

Para o site, Philippe Coutinho ainda não encontrou uma posição e Hulk é um caso bem sucedido de marketing no futebol, já que se beneficiou por ter jogado em liga menos intensas, como a portuguesa, a chinesa e a russa.

Confira o ranking completo:

1º — Pelé

2º — David Ginola

3º — Roberto Carlos

4º — Claude Makelele

5º — Georgi Kinkladze

6º — Philippe Coutinho

7º — Neymar

8º — Paul Scholes

9º — Hidetoshi Nakata

10º — Hulk

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.