Pelé e Viana se encontram no Tribunal

O atleta do século, Edson Arantes do Nascimento, Pelé, e o seu ex-sócio na Pelé Sports e Marketing, o empresário Hélio Viana, participaram nesta sexta-feira de uma audiência no IV Juizado Especial Criminal, no Tribunal de Justiça do Rio. Eles se acusam de desvio de dinheiro do Unicef e da empresa da qual eram sócios. O juiz Cairo Italo França David anunciou que dará a sentença na próxima quinta-feira.Pelé não cumprimentou Viana assim que chegou ao Fórum. Mas fez questão de estender a mão para os advogados do ex-sócio. Pelé acusa Hélio Viana de tê-lo difamado, ao insinuar que ele teria usado dinheiro de um show do Unicef para que o Santos comprasse um jogador. Do outro lado, o empresário alega que sua honra foi atacada numa entrevista concedida pelo ex-jogador.Nela, Pelé disse, referindo-se supostamente a Viana, que "lugar de bandido é na cadeia." A pena para ambos, em caso de condenação, varia de um a seis meses de prisão. Além dessas acusações na área criminal, eles também brigam na área cível, tentando obter indenizações pelas difamações que teriam sofrido.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.