AP/Christophe Ena
AP/Christophe Ena

Pelé elogia Messi após conquista da 7ª bola de ouro: 'Homenagem justa para um talento ímpar'

Craque do Paris Saint-Germain superou o polonês Robert Lewandowski e faturou novamente a premiação da revista France Football

Redação, O Estado de S.Paulo

29 de novembro de 2021 | 23h50

A sétima bola de ouro conquistada por Lionel Messi nesta segunda-feira rendeu elogios por todo o mundo. Um dos grandes nomes do esporte que parabenizou o craque argentino foi Pelé. O Rei do Futebol usou as redes sociais para deixar sua mensagem.

"Parabéns, Messi, por mais uma bola de ouro. Certamente é uma homenagem justa para um talento ímpar. Sete vezes, muito obrigado", declarou Pelé dizendo que o futebol praticado pelo jogador do Paris Saint-Germain é único.

Na premiação entregue na capital francesa pela revista France Football, Messi superou o polonês Robert Lewandowski, tido como um dos favoritos por não ter recebido a premiação em 2020 devido à pandemia do novo coronavírus.

O terceiro lugar no prêmio ficou com o meia ítalo-brasileiro Jorginho. O atleta do Chelsea conquistou a Liga dos Campeões pela equipe inglesa e a Eurocopa com a seleção italiana. Benzema, Kanté, Cristiano Ronaldo, Salah, De Bruyne, Mbappé e Donnarumma completam a lista dos dez melhores.

Embora Pelé nunca tenha conquistado esse prêmio, ele foi reconhecido em 2000 como Jogador do Século 20 por especialistas da Fifa. O 'Rei' é o único jogador a vencer três Copas do Mundo (1958, 1962 e 1970). Mas o astro argentino bateu um de seus recordes como artilheiro de uma seleção sul-americana em setembro passado, ultrapassando a marca de 77 gols. Pelé, de 81 anos, está se submetendo a uma quimioterapia após uma operação no dia 5 de setembro, na qual foi removido um tumor de cólon considerado suspeito. COM INFORMAÇÕES DA AFP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.